Rendimento em queda, gastos aumentando, pouco retorno financeiro. Essas características demonstram que sua empresa precisa imediatamente reduzir custos e aumentar a produtividade. Mas isso não necessariamente quer dizer que você deve cortar o quadro de funcionários. 

Outras atitudes podem ser tomadas e, mesmo assim, os efeitos serem satisfatório. Como, por exemplo, investir na capacitação dos colaboradores, desenvolver um ambiente interno harmônico e padronizar os processos. 

Quer saber mais detalhes? Acompanhe este texto e conheça algumas dicas sobre como fazer mudanças em seu negócio a fim de cortar gastos e otimizar a produtividade. Confira! 

Invista nos colaboradores

Muito gestor acha que investir nos colaboradores, em tempos de redução de custos, é dar um tiro no pé. Mas não é bem assim. Ao investir no desenvolvimento de habilidades e competências do funcionário, ele consegue ser mais produtivo, dispensando mais contratações e retrabalho — fatores que aumentam os custos da empresa. 

Sendo assim, promova treinamentos. O melhor é que eles não precisam ser realizados por palestrantes externos à empresa: você pode convidar um técnico de determinado setor para treinar funcionários da mesma área ou de funções diferentes. 

Desenvolva um ambiente de trabalho harmônico

Aumento da produtividade e ambiente de trabalho desmotivador não combinam. É preciso estimular a capacidade dos funcionários, e o ambiente à volta deles pode ajudar nesse processo — um exemplo é melhorar a experiência do colaborador.

Essa ação pode ser feita a partir da implementação de uma rádio interna. Um estudo da consultoria especializada WebpageFX comprovou que 90% dos participantes da pesquisa demonstraram mais eficiência quando estão escutando música.

Além disso, um ambiente de trabalho com a música adequada auxilia na redução da ansiedade. Dentre os benefícios dessa abordagem, estão: a alteração no estado de humor, o relaxamento do corpo e da mente, e o aumento da sensação de bem-estar. Portanto, invista nessa estratégia para aumentar a produtividade. 

Padronize processos

Você deve ter percebido um aumento nos custos com retrabalho, informações duplicadas ou incompletas, certo? Esses aspectos têm muito a ver com a falta de padronização dos processos.

Quando se tem, por exemplo, formulários e canais de comunicação interna padronizados, tudo flui melhor. Assim, evita-se a geração de prejuízo financeiro. 

Adote soluções tecnológicas

Outra estratégia para reduzir custos e aumentar a produtividade é buscar soluções tecnológicas. Hoje em dia, já está comprovada a sua eficiência na diminuição de gastos, pois, além de minimizar o quadro de funcionários, as tecnologias aplicadas ao negócio podem deixar os processos ainda mais eficientes.

Dessa forma, é recomendável, por exemplo, utilizar o cloud computing, que nada mais é do que a migração da infraestrutura de TI para a nuvem. Isso quer dizer que não é mais necessário utilizar alguns equipamentos, como servidores, máquinas de refrigeração e switches. 

Assim, há economia de recursos com aquisições, manutenções e atualizações de equipamentos. Ainda, há uma considerável agregação de mobilidade nas operações e um aumento de segurança contra perdas e roubos de informações estratégicas.

Essas foram algumas dicas para reduzir custos e aumentar a produtividade. Além desses pontos, é importante pensar também na integração na empresa. Isto é, aumentar a sensação de pertencimento dos colaboradores em relação à organização. Investir em intranet, realizar uma comunicação transparente e aumentar a participação na tomada de decisões são algumas ações que podem ser adotadas.

Quer saber de mais novidades para aplicar na sua empresa? Então curta a nossa página no Facebook!